Mapeamento Cerebral

O eletroencefalograma é considerado o exame do tipo neurofisiológico de maior importância para a comunidade médica brasileira e de todo o mundo desde o seu surgimento, em 1929.

Este artigo foi criado para lhe mostrar o que é o procedimento de eletroencefalograma com mapeamento cerebral, como ele funciona e quais são seus principais atrativos e vantagens.

O principal diferencial do eletroencefalograma com mapeamento cerebral

O eletroencefalograma com mapeamento cerebral tem como principal diferencial o uso de tecnologia computadorizada para possibilidade de quantificação dos resultados na forma de imagens que não são proporcionados pelo eletroencefalograma comum.

Sendo assim, se no procedimento convencional podemos diagnosticar uma enfermidade, com o mapeamento cerebral é possível dar maior significado para o resultado que foi apresentado, de modo muito mais rigoroso e eficaz, desenhando o local no cérebro que foi acometido com informações de imagem.

Este tipo de procedimento não é invasivo para o paciente, é realizado em até 30 minutos e tem resultado mais preciso, com imagens topográficas dos focos epiléticos.

O exame tem como principal objetivo estudar o desempenho e funcionamento elétrico do cérebro, de modo que também seja possível diagnosticar possíveis problemas neurológicos.

No caso do eletroencefalograma com mapeamento cerebral, um verdadeiro ‘mapa’ das regiões cerebrais é disponibilizado para análise imediata.

Por meio deste mapeamento elétrico cerebral, se torna possível identificar quais são as partes do cérebro que se responsabilizam pelo controle de determinadas tarefas e funções.

Caso alguma atividade não esteja sendo desempenhada como deveria, o exame garante o diagnóstico visual do local acometido.

Principais indicações do Eletroencefalograma com mapeamento cerebral

Os pesquisadores aproveitaram a era digital para incrementar mais funcionalidades ao eletroencefalograma clínico convencional.

Executando o exame com computador é possível mapear as áreas do cérebro acometidas por patologias.

As imagens geradas reproduzem com fidelidade as regiões frontais, parietais, occipitais, temporais e para cada região desenhada, informa as alterações apresentadas, como focos epilépticos.

Com um processamento de dados o computador desenha as regiões comprometidas como se fosse uma tomografia.

Isso qualifica mais o exame e consegue orientar o especialista na melhor conduta a ser tomada de acordo com o resultado.

Podemos avaliar as seguintes doenças usando o Eletroencefalograma com mapeamento cerebral:

  • Tumores,
  • Traumatismos cranianos,
  • Confusões mentais,
  • Doenças metabólicas ou degenerativas que acometem o cérebro.

O exame também pode ser realizado para a identificação e avaliação de distúrbios de consciência ou relacionados ao sono.

Preparo para o eletroencefalograma com mapeamento cerebral

No dia anterior ao exame eletroencefalograma com mapeamento cerebral o paciente deve lavar a cabeça com sabão de coco, não usar condicionador nem cremes.

É importante levar consigo todos os medicamentos que usa e exames antigos para serem utilizados interpretação do EEG com mapeamento.

Existem situações em que a privação do sono antes do exame se faz necessária e o seu médico pode decidir isso.

O uso de estimulantes como cafeína, fumo, drogas, álcool deve ser evitado para não interferir no exame.

Obviamente o uso de mega-hair e curativos no couro cabeludo irão dificultar a realização de um exame de EEG de qualidade.

O ideal é chegar 30 minutos antes do horário marcado para que o técnico em enfermagem faça a preparação eletroencefalograma com mapeamento cerebral.

Neste link é possível ver um curso prático de EEG e como são fixados os eletrodos na cabeça do paciente.

Como é feito o eletroencefalograma com mapeamento cerebral

Depois que o técnico em enfermagem fixou os eletrodos na cabeça do paciente, ele executa um software no computador relacionado ao aparelho que registra a atividade elétrica do cérebro.

É solicitado para o paciente realizar manobras que são usadas para ativar a atividade elétrica cerebral como:

  • Olhos fechados
  • Olhos abertos
  • Hiperventilação
  • Uso de foto-estímulo

O software do computador registra a atividade cerebral por pelo menos 2 minutos em cada manobra na forma de um traçado de EEG. Esse traçado é convertido em um arquivo digital que em seguida é transformado em imagens para serem interpretadas por um neurologista. O exame eletroencefalograma com mapeamento cerebral pode ser interpretado por um neurologista presente na clínica em que o paciente fez o exame ou pode ser enviado para uma plataforma de Telemedicina para ser analisado a distância.

Riscos do eletroencefalograma com mapeamento cerebral

O fato de fixar eletrodos no couro cabeludo por si só não traz riscos ao paciente.

É considerado desconfortável por se privar de movimento e ter contato com uma pasta que ajuda a aderir melhor no couro.

Se a pessoa possuir lesões no couro cabeludo, como seborréia, furunculose, alergias, poderá ter um aumento da irritação da pele pelo uso da pasta.

A decisão em realizar o exame ou não devido a esses motivos irá depender de cada caso.

A alergia que poderá ocorrer é transitória e pode ser combatida com cremes anti-alérgicos de ação local.

Acredito que ao avaliar o risco e benefício do exame de EEG com mapeamento cerebral, os benefícios são superiores.

Não há risco de choque elétrico, visto que o aparelho tem proteção contra esses possíveis casos e não é alimentado por uma tomada comum e sim pela porta USB do computador.

Resultados do eletroencefalograma com mapeamento cerebral

O objetivo principal de rastreio do exame eletroencefalograma com mapeamento cerebral é a presença de focos epilépticos, epilepsia ou convulsões como são vulgarmente chamados.

A conclusão do exame de EEG com mapeamento poderá ser:

Presença de foco epiléptico em lobo temporal direito

Lentidão de ondas alfa, beta ou theta.

Também pode ser registrado alteração de amplitude e frequência de onda, chamadas de picos.

Estes casos estão presentes em epilepsias, tumores, lesões isquêmicas cerebrais e até infecções. É completamente seguro usar esse exame para avaliações prognósticas e para o próprio acompanhamento da evolução de demências ou de demais distúrbios relacionados ao conhecimento e aprendizagem.

Ele também pode ser utilizado para diagnóstico e auxílio no tratamento de infecções, traumatismos, demências vasculares e até mesmo de Alzheimer.

Veja que não se limita somente ao diagnóstico de epilepsia.

O eletroencefalograma com mapeamento cerebral proporciona ao médico um resultado muito mais eficiente, já que obtém informações quantitativas referentes à eletricidade cerebral.

Além disso, o exame também identifica as descargas epileptiformes, dipolos elétricos radiais e tangenciais do indivíduo, quantificando os resultados em gráficos, tabelas e figuras para auxiliar na compreensão do profissional da área de saúde.

Em caso de duvidas procure seu médico neurologista.

AGENDAMENTO

Faça o seu pedido de agendamento pelo whatsapp ou ligue:

Ícone de um telefone (17) 98110-4170

Ícone de um telefone (17) 3305-6697

HORÁRIO DE FUNCIONAMENTO:

SEG - SEX 08:00 - 17:00

Sábado e Domingo Fechado

Agendamento

(Entre em contato para fazer seu agendamento)
Ícone de um seta para baixo
Agendar Online